terça-feira, 28 de agosto de 2012

Qual é o melhor email gratuito do momento?

Não há dúvidas de que email é uma das ferramentas digitais mais comuns e que mais fazem diferença no dia-a-dia de todos nós. E a maioria esmagadora dos usuários tem contas de email ofertadas por um desses três serviços: Gmail, Yahoo! ou Hotmail. Eles são gratuitos, oferecem grandes espaços de armazenamento e – as empresas juram – são seguros. E há mudanças grandes acontecendo nesse ambiente. Talvez a principal delas seja o surgimento do Outlook.com. Esse service deve substituir o Hotmail e algumas das funções das duas plataformas já estão em ritmo de integração. Assim, para esse Laboratório Digital resolvemos colocar o Outlook.com frenet a frente com o Gmail e o Yahoo.

Estabelecemos cinco critérios objetivos para esta análise: espaço, segurança, integração, personalização e a possibilidade de se desvincular da conta, o famoso "excluir". Vamos à primeira rodada!

Espaço!
Um lembrete inicial: parte dos testes com o Outlook.com tiveram de ser feitos pelo Hotmail, por conta da ligação entre os dois produtos.

Cada empresa possui um critério diferente para definir quanto espaço seus usuários terão para armazenar e-mails, imagens, anexos e etecétera. No Gmail, são oferecidos até 25 Gigabytes, expansíveis até 100 Giga. Mas, para ter uma caixa desse tamanho, o Gmail deixa de ser gratuito e você precisará ter uma assintura mensal. Já o Outlook.com não especifica quanto espaço oferece, mas diz que ele sobe conforme a demanda. Porém, caso o volume de mensagens na caixa de entrada aumente muito rapidamente, envio e recebimento são interrompidos até que algumas sejam excluídas. Nesse quesito, que se deu melhor foi o Yahoo! A empresa garante que não impõe limites às suas caixas postais. Espaço sem fim!

Segurança!
Para o Yahoo! e o Outlook.com, a segurança começa no momento do cadastro. Nenhum deles permite que se usem partes do nome na senha. No Outlook.com, as senhas precisam ser fortes, incluindo caracteres especiais, como acentos ou astericos, por exemplo. Mas, aqui, o Gmail é quem fica na ponta. Ele é o único que usa o HTTPS. Trata-se de um protocol seguro, que fornece comunicações autenticadas e criptografadas. É o mesmo tipo de segurança presente em páginas de bancos, por exemplo. Dá para saber por aqui: toda vez que você acessa o Gmail, o navegador exibe o endereço do service depois do HTTPS. Outro ponto forte do Gmail é o combate ao spam. A proteção começa na atitude dos próprios usuários, que, ao denunciar um remetente, estão criando um banco de dados. Com isso, leva apenas alguns minutos entre o spammer enviar algo e essa correspondência ser bloqueada.

O Yahoo! intercepta mais de 15 bilhões de spams diariamente, mas não divulga seus métodos. Já o Outlook.com separa as mensagens por conteúdo - se veio de redes sociais, se é boletim de divulgação, se tem anexo e que tipo de arquivo veio anexado.

Tanto Yahoo! quanto Outlook.com exibem sinalizações para informar ao cliente se o remetente é confiável – coisa que o Gmail não faz. Para isso, o Yahoo conta com parceria do Norton Antivírus (que não pode ser desativado) e o Outlook, do Microsoft SmartScreen.

Integração!
Aqui, excluímos as conexões com redes sociais e focamos apenas em integração entre contas, mas há um recurso do Yahoo! que precisa ser ressaltado: no momento em que você se cadastra, dá para escolher criar a conta a partir de uma ID do Facebook ou até mesmo do Google. O Yahoo! também é o que mais facilita adição de outras contas à sincronização geral.

O Gmail também aparece bem na fotografia da integração. Aqui é super fácil transferir e-mails e contatos, bem como mensagens que estejam em outra conta de email que você possua.

Nesse quesito, quem enfrentou problemas foi o Outlook.com. Assim que você configura outra conta, o Outlook recolhe tudo o que há no outro serviço - seja Gmail, Yahoo! ou outro. Não dá para escolher. O Outlook até avisa que o processo pode levar um dia inteiro para ser concluído.

Personalização!
De longe, o campeão aqui é o Gmail. Dá para mudra praticamente tudo - desde o layout, com possibilidades infinitas de temas, até as ferramentas do serviço. Isso é possível graças ao Labs, o laboratório de ideias do Google, que permite acrescentar ao Gmail botões como o "marcar como lido", gadgets de outros produtos, painel de visualização, e muito outros.

No Yahoo! pode-se apenas alterar o tema, a partir de uma galeria com algumas opções - na prática, muda somente a imagem de topo de página e algumas cores. Por outro lado, é possível criar a conta em quatro domínios: yahoo.com.br, yahoo.com, ymail.com (lê-se uái mail) e rocketmail.com. E, além do endereço principal, dá para criar subcontas com essas opções.

A Microsoft também oferece vários domínios (hotmail.com, hotmail.com.br, live.com e o outlook.com). Quanto ao layout, no Outlook.com, o usuário consegue alterar o tema com uma paleta de cores, mudando o topo e algumas fontes.

Descadastramento! 
Sair de um produto na internet pode ser uma dor de cabeça. Mas, a boa notícia é que os serviços avaliados foram bem nesse aspecto. O mais prático é o Outlook.com. Você encontra a opção facilmente nas configurações de conta; lá é preciso desativar o Hotmail e, feito isso, a conta da Microsoft fecha automaticamente por tempo de inatividade. Mesmo que você encerre a conta, o endereço que você usava ainda fica reservado por 270 dias, caso você mude de ideia. 

Para sair do Gmail, basta ir às configurações de conta do Google, o "Excluir conta" fica logo na primeira. Já no Yahoo! a coisa é mais complicada. Não há informação sobre excluir a conta nos meios tradicionais, então é preciso procurar no sistema de ajuda, que encaminha para a página "Encerramento de conta". Leva 90 dias para tudo ser apagado definitivamente, mas é um processo relativamente fácil.

Conclusão! 
Boa conclusão no Laboratório Digital desse mês. Os três serviços analisados desempenham muito bem suas funções, e cada um possui um diferencial. Na nossa escala, o Outlook.com ficaria por último na escolha, até por ser um produto inacabado, que ainda depende da interface e das configurações antigas do Hotmail. O Yahoo! foi uma boa surpresa. O mecanismo tem opções interessantes de segurança e integração e espaço sem fim. Mas, pelo menos nesse teste, quem ficou na dianteira foi mesmo o Gmail. O Google acerta em cheio em dois pontos importantes: segurança e personalização. O sistema de bloqueio de spam é ótimo, e a segurança do HTTPS faz muita diferença. Além disso, ter o Labs para mudar praticamente tudo em termos de interface e funcionalidade ajuda bastante no dia a dia. Então a escolha do Olhar Digital para service de email gratuito é o Gmail, do Google. 


Fonte: OlharDigital


Eu, particularmente, utilizo o Gmail há vários anos e não  trocaria por nenhum outro serviço de e-mail. Eu indico, mas cada um vai se adaptar de acordo com o seu gosto e sua necessidade.

Seguem algumas opções:


  • Gmail (@gmail.com) - www.gmail.com.br > Criar conta
  • Yahoo (@yahoo.com, @yahoo.com.br), Y! Mail (@ymail.com) e RocketMail (@rocketmail.com) - mail.yahoo.com.br > Criar conta
  • Bol (@bol.com.br) - email.bol.com.br > Criar conta
  • Hotmail (@hotmail.com, @hotmail.com.br) e Live (@live.com) - www.hotmail.com > Criar conta
  • MSN.com (@msn.com) - mail.msn.com > Criar conta
  • IG (@ig.com.br) - ig.com.br > Criar conta
  • GloboMail (@globomail.com) - globo.com > Criar conta
  • Oi (@oi.com.br) - webmail.oi.com.br > Criar conta
  • POP (@pop.com.br) - webmail.pop.com.br > Criar conta
  • Inteligweb (@inteligweb.com.br) - webmail.inteligweb.com.br > Criar conta
  • R7.com (@r7.com) - email.r7.com > Criar conta
  • Folha (@folha.com.br) - email.folha.uol.com.br > Criar conta
  • Zipmail (@zipmail.com.br) - zipmail.uol.com.br > Criar conta


Até breve com mais um Tecnologia em Foco
Sérgio Rodrigo de Abreu

Nenhum comentário:

Postar um comentário